Home » Notícias » Ministério do Esporte assume gestão do Parque Olímpico

Ministério do Esporte assume gestão do Parque Olímpico

Nesta sexta-feira (23/12), a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou a transferência da gestão do Parque Olímpico na Barra da Tijuca para o Ministério do Esporte. De acordo com o prefeito, Eduardo Paes (PMDB/RJ), a iniciativa é fundamental a garantia do legado.

“A prefeitura está cedendo o Velódromo Olímpico, o Centro Olímpico de Tênis e as Arenas Cariocas 1 e 2. É importante que o parque sirva para o esporte, para as cidades, e para a população”, destacou Paes.

Segundo o prefeito, a destinação da Arena 3 segue conforme o previsto: vai se tornar uma escola municipal.

Hoje, ainda foi inaugurado o Muro das Campeões – monumento tradicional dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que tem gravado todos os 2.568 medalhistas dos Jogos da Rio 2016; e a Via Olímpica – que se transformou em uma área de lazer para a população, mas deve estar aberto ao público apenas no início de 2017.

O ministro do Esporte, Leonardo PIcciani (PMDB/RJ), afirmou que a decisão do ministério assumir a gestão desses equipamentos foi o caminho mais adequado, tomado em conjunto com a prefeitura.

“Nós não podemos perder tempo e precisamos dar logo um destino a tudo isso. Porque equipamento esportivo é igual casa fechada: se não usar, começa a dar problema, tem que fazer obra e ter outros tipos de cuidado. Então o uso tem que ser imediato e permanente”, justificou Picciani.

De acordo com o ministro, parcerias como as que podem ser feita com as confederações esportivas e Comitês Olímpico e Paralímpico, também serão definidas para que esses espaços sejam bem utilizados.

“Vamos dedicar tudo isso aqui ao treinamento das seleções  brasileiras, dos atletas de alto rendimento, das categorias de base, e também com projetos de inclusão social e iniciação ao esporte, uma área que vai recrutar e descobrir nossos novos talentos”, finalizou.

O Ministério do Esporte vai anunciar nos próximos dias o calendário oficial de competições esportivas a serem realizadas no Parque Olímpico. Segundo Picciani, “só é possível acreditar no sucesso da tarefa se estabelecer um calendário perene e sólido de eventos e de práticas esportivas”.

Ainda estiveram presentes no evento do Parque Olímpico, o secretário Executivo do Ministério do Esporte, Fernando Avelino; o secretário de Alto Rendimento, Luiz Lima; o ex-atleta de handebol, Bruno Souza; e o atleta de vôlei carioca, Marcelinho.

 

1 Respond for Ministério do Esporte assume gestão do Parque Olímpico

  1. Luciano Batista Do Nascimento disse:

    Boa tarde ministro! Me chamo Luciano, trabalho no projeto PELC e gostaria de saber se haveria a possibilidade de uma conversa com vossa Excelência de aproximadamente 10 minutos no máximo.

    Sei o quanto é difícil pode marcar uma conversa com Excelência, mas necessito, pois afeta diretamente minha família.

    Obrigado,
    e fico no aguardo de um possível retorno por parte da sua equipe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>